27-02-2020 | “Por um Portugal mais Digital” é o lema da 3ª Conferência do Fórum Permanente para as Competências Digitais

O evento contará com a presença do Primeiro-ministro, António Costa, do Ministro de Estado, Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues e do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

Lisboa, quinta-feira, 27 de fevereiro 2020 – Na próxima terça-feira, dia 3 de março, especialistas nacionais e internacionais, formadores, docentes, e representantes do governo reúnem-se no Centro de Congressos da Alfândega do Porto para promover as competências digitais. Ao longo do dia serão apresentados vários projetos, alguns novos, outros já em curso, que têm como objetivo principal a capacitação da população portuguesa, a nível de competências digitais. Serão também apresentados alguns dos principais indicadores recolhidos desde o arranque do Programa INCoDe.2030, em 2018.

O objetivo é transversal a toda a sociedade portuguesa e o efeito pretende-se duradouro: uma cidadania mais ativa e um país mais qualificado e capacitado, utilizando a transformação digital para criar valor, para o país e para as pessoas.

Os cinco eixos do Programa INCoDe.2030, através dos quais se pretende conseguir esse objetivo de promover as competências digitais da população são a inclusão (1), educação (2), qualificação (3), especialização (4) e investigação (5). O programa conta com vários parceiros desde escolas, universidades, associações e empresas privadas.

A iniciativa INCoDe.2030 conta já com 2 anos de existência e para o futuro pretende-se que seja um catalisador de mudança contínua na sociedade portuguesa.

No primeiro eixo, Inclusão, foram criadas Comunidades Criativas para a Inclusão Digital, tendo sido criados dez projetos-piloto em todo o país que impactaram mais de mil pessoas. No segundo eixo, Educação, o destaque vai naturalmente para o alargamento da disciplina de TIC a todos os estudantes do ensino básico. A nível da Qualificação, terceiro eixo, podemos destacar o projeto Switch, um programa de formação intensiva para a requalificação profissional na área das tecnologias da informação (TI). No quarto eixo da Especialização,  é de realçar o aumento significativo de vagas de cursos TeSP na área TICE, fruto do acordo celebrado entre o MCTES e os institutos politécnicos, e, finalmente, no âmbito do eixo cinco, da Investigação, vão ser apresentados projetos de inteligência artificial desenvolvidos para entidades da administração pública, com o intuito de facilitar a sistematização dos procedimentos e a melhoria da qualidade de vida na população que interage com essas entidades.

“A transformação digital não é em si um problema da tecnologia, mas sim a preparação das pessoas, ou neste caso, a falta dela, para a participação no mundo digital. Há uma melhoria dos indicadores europeus ao nível das competências da população portuguesa, o que é um sinal claro de que as medidas adotadas estão a trazer resultados objetivos e é isso que pretendemos demonstrar nesta conferência”, refere Nuno Feixa Rodrigues, Coordenador Geral do Incode.2030.       

A abertura do evento contará com a presença do Senhor Primeiro-ministro, António Costa, do Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, do Presidente do Fórum para as Competências Digitais, Rogério Carapuça, do Coordenador-Geral do INCoDe.2030, Nuno Rodrigues e com Laurent Crouzet, especialista e membro do High Level Review Committe. O encerramento do encontro estará a cargo do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

A participação na 3ª Conferência do Fórum Permanente para as competências digitais é gratuita, mas de inscrição prévia, até ao limite da capacidade do local. A inscrição poderá ser feita aqui e o programa do evento poderá ser consultado aqui.







©Portal Franchising® 2011 | Criado por: