01-10-2019 | INDEG-ISCTE e Fundação Calouste Gulbenkian criam Programa para Executivos na área da Sustentabilidade

O INDEG-ISCTE – primeira Escola de Negócios de Formação de Executivos, associada a uma universidade, nascida em Portugal –, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian, lançaram um Programa Boost direcionado à Gestão da Sustentabilidade, orientado para a mudança de comportamentos.

Aprender a identificar os desafios da sustentabilidade na atividade empresarial, definir estratégias inovadoras que permitam criar soluções e minimizar impactos negativos e conhecer o enquadramento, em termos de políticas públicas e também das melhores práticas e pensar as práticas futuras são alguns dos objetivos definidos do novo Programa Boost que visa o impacto na cadeia de valor das organizações.

O Boost Gestão da Sustentabilidade tem duração de 16 horas, e caracteriza-se por uma abordagem customizada, de desenvolvimento de uma análise das exigências da produção e consumo sustentáveis. Dirigido a empresas que apostem, ou pretendam apostar, na adaptação do modelo de negócio perante os desafios da sustentabilidade, este programa promete avaliar temas como design e inovação para a sustentabilidade, incorporação da sustentabilidade na estratégia da organização e como ser um agente de mudança para um futuro sustentável.

Sendo um programa orientado para a mudança de comportamentos, do corpo docente fazem parte os mais experientes e reputados profissionais com experiência na área da gestão de sustentabilidade.

“Sabemos que os problemas ambientais e sociais são desafiantes e o mundo tem metas para 2030 que só serão atingidas com o envolvimento de todos. O conhecimento dos temas é necessário para uma gestão sustentabilidade mas é insuficiente. Queremos trabalhar também a ação para a sustentabilidade, para que os formandos levem daqui um plano concreto que possa ser implementado”, explica Catarina Palma Roseta, Coordenadora Científica do Boost.

A Fundação Calouste Gulbenkian vai atribuir cinco bolsas de estudo destinadas a colaboradores de PME, microempresas, startups e empresas sociais, mediante a verificação de um conjunto de critérios relacionados com a sustentabilidade.

 

 

Sobre o INDEG-ISCTE:

Ter sido a primeira Escola de Negócios de formação de executivos, associada a uma universidade, a nascer em Portugal é um facto desde 1988. Facto construído, entre outros, pela figura incontornável de Eduardo Gomes Cardoso. Ter sido a primeira a ser criada aumenta a responsabilidade. Mas também a experiência. Ter sido a primeira a ser criada aumenta a nossa história. E é com ela, e com a experiência, que procuramos criar futuro. Não somos a primeira em tudo. Nenhuma escola o é. Mas acreditamos que somos a primeira na forma de fazer singular e em variadas áreas do conhecimento. Somos a primeira na maneira como co-desenhamos programas e como nos relacionamos com as empresas e os nossos participantes e, assim, entregamos. Somos a primeira na ligação à imensa base empresarial real. Somos certamente a primeira no lado aplicacional que nos caracteriza. E é esse lado aplicacional que nos faz assinar Real-Life Learning.







©Portal Franchising® 2011 | Criado por: