10-10-2018 | Maratona da Saúde e Fundação para a Ciência e a Tecnologia lançam hoje Prémios para apoiar a Investigação contra as Doenças Autoimunes e Alergias

A Maratona da Saúde, associação sem fins lucrativos abriu hoje o concurso anual para os “Prémios Maratona da Saúde em Investigação Biomédica” destinado a financiar os melhores projetos científicos na área das Doenças Autoimunes e Alergias através de fundos atribuídos pela sociedade civil.

Os “Prémios Maratona da Saúde de Investigação Biomédica” têm o valor total de 40 mil euros e resultam dos donativos angariados durante o espetáculo televisivo anual da Maratona da Saúde realizado em parceria com a RTP, bem como de outras iniciativas e apoios da sociedade civil. O concurso está aberto para a comunidade científica, até ao dia 9 de novembro e conta com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Os Prémios Maratona da Saúde foram criados com o objetivo de promover a investigação científica portuguesa em diferentes áreas da biomedicina. Esta quinta edição procura os melhores projetos na área das Doenças Autoimunes e Alergias e incentiva as candidaturas que contemplem parcerias entre instituições de investigação, sediadas em Portugal, e hospitais ou outras instituições de saúde, nacionais ou estrangeiras. Os Prémios destinam-se a investigadores que pretendam desenvolver um projeto de investigação autónomo sob sua responsabilidade numa instituição sediada em Portugal. A avaliação das candidaturas é realizada por um júri internacional proposto pela FCT, constituído por cientistas de reconhecido mérito no domínio da biomedicina. O processo de avaliação e seleção é baseado em vários critérios, entre os quais o mérito científico dos candidatos e o impacto que o trabalho de investigação proposto poderá ter na descoberta de melhores tratamentos, cura e prevenção das Doenças Autoimunes e Alergias. As edições dos Prémios Maratona da Saúde em Investigação Biomédica contaram até à data com cerca de 250 Candidaturas nas áreas do Cancro, da Diabetes, das Doenças Neurodegenerativas e das Doenças Cardiovasculares, e já permitiram galardoar 11 cientistas que estão a desenvolver o seu trabalho de investigação nestas áreas em Portugal.

 

Segundo Maria de Belém Roseira, presidente da Maratona da Saúde, “estes prémios são a demonstração de que a sociedade civil também se envolve no financiamento da investigação científica para saúde em Portugal, de forma amplamente participada.

Para além disso, a Maratona da Saúde desenvolveu, ao longo da sua 5 ª edição, um conjunto de iniciativas nas comunidades locais, sensibilizando para a importância da prevenção da doença e da investigação científica na descoberta de novos avanços. A iniciativa contou também com o apoio de várias entidades, entre as quais a Fundação PT, o Instituto Gulbenkian de Ciência, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a Saúde Cuf, a Creative Minds, a Cev Fiscalidade, a Caixa Geral de Depósitos, a Vieira de Almeida, a Janssen, a Roche, a Fundação Astrazeneca, a Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, entre outros, e várias associações de doentes, e com o alto patrocínio da Presidência da República para o Dia Solidário dedicado às Doenças Autoimunes e Alergias.

Os donativos à Maratona da Saúde podem ser realizados ao longo de todo ano através de chamadas de valor acrescentado para o 760 20 60 90 (0,60€+IVA) ou do IBAN: PT50 0035 0413 00044189730 73 BIC SWIFT: CGDIPTPL.

Saiba mais em www.maratonadasaude.pt

 

Sobre a Maratona da Saúde:

Desde 2013, a Maratona da Saúde e a RTP estão juntas numa iniciativa inédita em Portugal que visa, através de um espetáculo solidário anual, sensibilizar na área da saúde e da investigação biomédica e financiar projetos científicos de excelência em Portugal, essencial no combate a doenças ainda sem cura. Em cada ano a Maratona da Saúde dedica-se a um tema, sobre o qual será delineado um plano de atividades. A 6ª edição, que decorre até julho de 2019, é dedicada a Conhecer o Cancro.

A Maratona da Saúde considera que permitir o avanço da ciência e do conhecimento em Portugal, contribui para uma sociedade mais informada, motivada e competitiva, capaz de integrar os pilares essenciais do progresso económico global.

 

 







©Portal Franchising® 2011 | Criado por: