29-05-2018 | Deixar de fumar pode reduzir 50% das hipóteses de contrair cancro oral

No âmbito do Dia Mundial Sem Tabaco, que se assinala a 31 de maio, o Instituto de Implantologia® lembra que morrem mais de 7 milhões de pessoas por ano devido ao consumo de tabaco. Deixar de fumar reduz, ao fim de 5 anos, 50% as hipóteses de desenvolver cancro oral.

O tabaco é constituído por mais de 4000 substâncias e componentes químicos que representam das maiores ameaças à saúde geral e oral. Patologias como a halitose (mau hálito), o escurecimento e pigmentação dos dentes e a periodontite são algumas das consequências orais do seu consumo. Além disso, os fumadores têm entre 5 a 20 vezes mais probabilidade de vir a desenvolver cancro oral do que um não-fumador

“O médico dentista pode ter um papel fundamental nos doentes que querem deixar de fumar. O tabaco é o principal fator de risco para o cancro oral e a cessação tabágica é a forma mais eficaz para diminuir a morbilidade e a mortalidade associada a esta doença” refere João Caramês, Diretor Clínico do Instituto de Implantologia®.

Homens fumadores, com idade igual ou superior a 40 anos são o principal grupo de risco, mas qualquer lesão na boca que persista durante algum tempo deverá ser avaliada pelo médico dentista.

 “O médico dentista, pelo contacto regular com os seus pacientes, encontra-se numa posição privilegiada para contribuir para a prevenção e diagnóstico precoce do cancro oral”, lembra ainda o também Professor Catedrático da Universidade de Lisboa.

É de salientar que, quando diagnosticado precocemente, a percentagem de sobrevivência ao fim de 5 anos pode atingir os 90%. 

 

O Instituto de Implantologia® disponibiliza uma consulta especializada de diagnóstico precoce do cancro oral e das lesões potencialmente malignas que afetam a cavidade oral. Na consulta de rastreio procede-se ao exame visual e palpação de todas as estruturas orais e anexas à cavidade oral. Quando uma lesão suspeita é observada poderá ser aconselhada a biopsia da mesma, permitindo a obtenção de um diagnóstico histológico concreto.

 

Sobre o Instituto de Implantologia®                            

Fundado em 1996 pelo Professor Doutor João Caramês, o Instituto de Implantologia® é uma clínica dentária, situada em Lisboa. É uma unidade de saúde multidisciplinar dedicada à Implantologia, Reabilitação Oral e Estética, e outras soluções e especialidades da Medicina Dentária. O corpo clínico do Instituto de Implantologia® é constituído por mais de 25 Médicos Dentistas e Estomatologistas, especializados nas diferentes áreas da Medicina Dentária. De forma a manter uma atualização permanente da sua equipa clínica, o Instituto de Implantologia® estabeleceu um protocolo de colaboração académica e científica com a New York UniversityCollegeofDentistry for ContinuingEducation.







©Portal Franchising® 2011 | Criado por: